Sexta, 16 Março 2018 19:25

Em assembleia, servidores aprovam reajuste de 5% nos salários

Maioria dos servidores presentes aprovaram a proposta de 5% nos salários e aumento do tíquete para R$ 300,00 Maioria dos servidores presentes aprovaram a proposta de 5% nos salários e aumento do tíquete para R$ 300,00

O Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos Municipais de São Carlos, realizou na noite desta quinta-feira (15), Assembleia Extraordinária para apreciação e votação da contra proposta encaminhada pela Prefeitura Municipal de São Carlos, em relação ao reajuste salarial da categoria (Acordo Coletivo 2018/2019). O sindicato pediu o índice IPCA mais ganho real de 4 %.

Após algumas reuniões a Administração fez uma contra proposta de reajustar os salários em 5% (IPCA de 2,84% + 2,16 % de aumento real), e para os cargos em comissão reajuste apenas do IPCA, além de elevar o tíquete refeição para R$ 300,00. A proposta foi apresentada na assembleia e aprovada por 96% dos servidores presentes. Além do reajuste salarial, a Prefeitura atendeu outras reinvindicações, como elevação do auxílio funeral para R$ 6 mil e a evolução funcional dos servidores públicos da administração direta, indireta e da educação.

“A assembleia foi muita boa, nas questões financeiras conseguimos um bom índice percentual. Nas primeiras reuniões na Prefeitura, a Administração ofereceu apenas o IPCA e 1% de aumento real. Percebemos que essa proposta não era possível levar para a assembleia, ela não era satisfatória e por isso continuamos negociando. Na quinta de manhã houve uma nova reunião com a participação do prefeito Airton Garcia e dos secretários Mario Antunes, Edson Fermiano, Edson Ferraz e a doutora Helena. Neste encontro eles aumentaram a proposta para 2% de aumento real, foi onde sugerimos os 2,16% para arredondar o aumento para 5% no total. A reunião  foi suspensa para análise da equipe do prefeito. Na reunião da tarde chegamos ao acordo para arredondar o aumento para os 5%. Felizmente houve este bom senso e a proposta foi aprovada na assembleia”, explicou o presidente do sindicato Adail Alves de Toledo.

Ele também destacou a evolução funcional dos servidores públicos da administração direta, indireta e da educação, que irá valorizar ainda mais a categoria. “Conseguimos avançar no projeto da evolução funcional dos servidores em geral e na progressão funcional da educação que estava parado por anos e agora neste acordo, conseguimos o comprometimento da secretária Helena Antunes e encaminhar um projeto, para alterar alguns itens, criar as comissões de revisão nas carreiras, isso era uma coisa que estava parada e agora volta a ser colocada em prática”. Com a aprovação em assembleia, resta agora a Prefeitura Municipal, elaborar o projeto autorizando o reajuste e encaminhá-lo para a Câmara Municipal para sua aprovação.